A História do Búfalo no Brasil

     Os búfalos usados para criação são bem diferentes daqueles que são vistos no zoológico ou em áreas de reserva, tais como as espécies selvagens Bison bison, conhecido como bisão ou búfalo americano, e Syncerus caffer caffer, conhecido como búfalo africano. Os búfalos domésticos, pertencentes à espécie Bubalus bubalis, são animais muito dóceis e de fácil manejo.
     No Brasil, são reconhecidas pela Associação Brasileira de Criadores de Búfalos (ABCB) quatro raças: Carabao, Jafarabadi, Mediterrâneo e Murrah, sendo a última a mais difundida no país. Tudo graças ao melhoramento genético dessa raça, que viabiliza uma maior produção de leite. A raça Murrah é de origem indiana e seus animais têm porte médio com chifres curtos e espiralados. Os búfalos se adaptam bem a qualquer pastagem e a amplas variações climáticas.
     A criação de búfalos no Brasil começou oficialmente em 1961, quando foi criada a ABCB, porém os primeiros búfalos chegaram à ilha de Marajó, no estado do Pará, ainda em 1890, onde hoje se encontra o maior rebanho de búfalos do Brasil. Atualmente, o Brasil tem o principal rebanho das Américas, com uma população de aproximadamente 3 milhões de búfalos.
     A expansão da bubalinocultura no Brasil segue tendências de mercado. A partir da década de 90, os consumidores passaram a exigir produtos de melhor qualidade nutricional e sanitária, por conseguinte, o governo passou a tomar medidas mais rigorosas em relação ao modo de preparação dos alimentos. Além do aspecto da preservação de áreas destinadas a reservas naturais ter se tornado um item fundamental na política de qualidade de vida. Por essas razões acredita-se que  o aumento desacelerado do número de animais no território nacional deva-se ao fato da necessidade de adequação e ajuste de mercado, que engloba desde a criação até o processamento dos produtos.

Búfalos de Corte

     As explorações de búfalos para produção de carne ocorrem quase da mesma forma que as criações de bovinos à pasto. Esses animais podem ser criados extensivamente e por serem mais pesados que os bovinos, alcançam mais rapidamente (18 - 36 meses) o peso de abate (430 - 480 Kg).

Búfalos para leite

     Os búfalos para produção de leite tem uma  rusticidade que  mostra seu potencial para produção leiteira, além de características desejadas para produção de leite (8,0 - 9,0% de gordura no leite), as búfalas alcançam boa produção mesmo em condições de escassez de alimentos. Hoje existem algumas consideráveis "bacias de leite" de búfala principalmente na região sudeste do país.





Búfalos no açude da estância

 
 
www.estanciaibicuy.com.br
© 2009
All Rights Reserved